Revista Jesus Histórico e sua Recepção - Ano X [2017] - volume 18
pp.1-146

Editorial [Leia – pp.1-3]


Subsistência Econômica e Poder Retórico nos tratados aos Corintos: Status Social a engendrar Partidos e Práticas Teológicas na Recepção das Tradições Paulinas

Economic Subsistence and Rhetorical Power in the Corinthian treatises: Social Status Shaping Theological Parties and Practices in the Reception of Pauline Traditions
[Leia – pp.4-19]


Jean Felipe de Assis
Doutor em História das Ciências,
Técnicas e Epistemologia (HCTE/UFRJ)
http://lattes.cnpq.br/9602315559468030

Resumo: Este primeiro trabalho, de uma tríade de textos que versam sobre as tradições judaico-cristãs primitivas e os movimentos gnósticos, aborda a importância de reavaliar o status social a partir da primazia dos dados econômicos e políticos nos contextos das religiões antigas. Considerando as comunidades que cultivam heranças paulinas e a possibilidade de interpretar as Cartas aos Coríntios como tratados teológicos em lugar vivencial pós-paulino, existem múltiplas tradições literárias nas experiências eclesiológicas que reforçam as sempre intensas relações entre as considerações teológicas e as práticas sociais. Tais debates, conflitos e formações eclesiais são extremamente relevantes para se entender as produções textuais bíblicas e suas recepções; ao mesmo tempo, possibilitam uma compreensão sobre as religiões antigas como uma encruzilhada de diferentes posições intelectuais em seus contextos particulares e por meio de expressões culturais específicas – dentre as quais se destacam as recepções, as performances e as coleções de textos específicos, mas também a criação de importantes tradições sobre seus respectivos autores. Consequentemente, há elementos nos tratados aos Coríntios que recebem distintas interpretações em um milieu similar ao das Cartas Pastorais e outras obras tardias, nas quais diferentes posições teológicas e estratificações sociais auxiliariam no desenvolvimento de múltiplas comunidades eclesiais, mas também suas produções textuais particulares; entre estas, a formação dos corpora paulinos, incluindo inúmeras interpretações a textos importantes para o desenvolvimento de diversas tradições conflitantes.

Palavras-chave: Corpora Paulinos; Teoria da Recepção; Tratados aos Coríntios; Status Social; Cristianismos Primitivos.

Abstract : This first paper of a three-part research on early Jewish-Christian traditions and Gnostic movements argues the relevance of revaluating social status based on economic and political data in ancient religious contexts. Taking into account the Pauline ekklesiae and the possibility of interpreting the Corinthians letters as theological treatises within post-Pauline social locations, multiple literary traditions in early ecclesiological documents reinforce the interrelationship between theological and sociological considerations. These debates, conflicts and social formations are important for understanding biblical literary constructions and receptions while, at the same time, sanction a comprehension of ancient religions at a crossroad of different standpoints in their particular contexts and within their specific cultural expressions – among those are their literary receptions, performances and collections of specific authors and their respective texts. As a result, there are theological elements in the Corinthians treatises that receive distinct interpretations in a similar milieu as the Pastoral Letters and later works through which theological and social stratification help developing diverse ecclesiological communities and their particular textual productions, e.g., the formation of Pauline corpora, including multiple interpretations of significant texts throughout the emergence of conflicting traditions.

Keywords: Pauline Corpora; Reception Theory; Corinthians Treatises; Social Status; Early Christianities.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Entre a Religião e a Magia: (re)pensando o estudo do Egito Antigo

Between Religion and Magic: (re)thinking the study of Ancient Egypt
 [Leia – pp.20-40]

Thiago Henrique Pereira Ribeiro
UFRRJ
http://lattes.cnpq.br/4755692220226363


Resumo: o presente artigo se trata de um resumo do nosso primeiro capítulo de Dissertação de Mestrado, trabalho que ainda se encontra em andamento. Nosso intuito central é chamar a atenção para o uso dos conceitos de religião e magia, assim como da relação entre eles. Nossas principais ideias defendidas são: a) os termos são profundamente problemáticos e carregam em si preconcepções qualitativas (positivo e negativo) que se originam de questões históricas e culturais; b) graças ao dito no item (a), a divisão entre religião e magia é duvidosa. Ao fim, encerramos tratando da questão de forma direcionada diretamente ao Antigo Egito, civilização sobre a qual pesquisamos.

Palavras-chave: História Antiga; Egito Antigo; Religião; Magia; Conceitos.
        
Abstract: the present article consists in a brief discussion that we dealt in the first chapter of our Master’s Degree Dissertation, a work that is still in progress. Our main goal is to call attention to the use of the concepts of religion and magic, as well as the relation between them. Our main defended ideas are: a) the terms are deeply problematic and carry qualitative preconceptions (positive and negative) that have origins in historical and cultural matters; b) thanks to what have been said in item (a), the division between religion and magic is doubtful. In the end, we finish the discussion by treating this question in a way directly focused on the Ancient Egypt, civilization that we research about.

Keywords: Ancient History; Ancient Egypt; Religion; Magic; Concepts.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Moedas Judaea Capta: narrativas de uma dominação.

Coins Judaea Capta: narratives of a domination.
 [Leia – pp.41-59]

André Leonardo Chevitarese
http://lattes.cnpq.br/8607821911525405
UFRJ


Felinto Pessôa de Faria, neto
MN-UFRJ
http://lattes.cnpq.br/4522187701788415

Resumo: As moedas como documento informam vários aspectos de uma sociedade, atendendo a multiplicidade de fins a que foram batidas, seja comercial e/ou simbólica. A moeda por ser, a priori, um objeto de circulação e não de consumo, torna-se difusora de símbolos, transmitindo em suas imagens e legendas, um ideal histórico. A cultura material penetra na sociedade de forma ativa e se envolve nas diversas estratégias de adaptação do ser humano; a numismática insere-se nessa proposta, pois através das moedas pode se resgatar traços culturais mediante análise dos símbolos monetários.

Palavras chaves: Vespasiano, Judaea Capta, símbolo, cultura material, pós-processualismo.

Abstract: Coins as documents report various aspects of a society, serving multiple purposes for which they had been designed, whether commercially or symbolically. Since coins are objects intended, a priori, for circulation and not for consumption, they become diffusing elements of symbols, transmitting a historical ideal through their images and inscriptions. The material culture penetrates society and actively engages itself in various adaptation strategies of the human being; numismatics is part of this proposal, since it is possible to retrieve cultural traits by analyzing the monetary symbols through coins.

Key words: Vespasian, Judaea Capta, symbol, material culture, post-processualism.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O Evangelho chinês de Jesus

The Chinese Gospel of Jesus
 [Leia – pp.60-80]

André Bueno
UERJ
http://lattes.cnpq.br/4958851883736557

Resumo: Neste breve trabalho, buscaremos apresentar a tradução de um dos textos fundamentais do Antigo Cristianismo Chinês, o ‘Livro dos Ensinamentos de Deus’. Escrito durante a dinastia Tang, por missionários Nestorianos, esse texto é uma peça fundamental para entender as adaptações e assimilações que os cristãos praticaram para se inserirem na sociedade tradicional chinesa.

Palavras Chave: Cristianismo; Cristianismo na China; Nestorianismo; Evangelho; Sinologia.

Abstract: In this brief work, we will try to present the translation of one of the fundamental texts of the Old Chinese Christianity, the ‘Book of the Teachings of God’. Written during the Tang Dynasty by Nestorian missionaries, this text is a key piece to understand the adaptations and assimilations that Christians practiced to insert themselves into the traditional Chinese society.

Key words: Christianity; Christianity in China; Nestorianism; Gospel; Sinology.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A ÁFRICA ADORMECIDA NA BÍBLIA: ENTRE A MALDIÇÃO E A ESCRAVIDÃO

      AFRICA ASLEEP IN THE BIBLE: BETWEEN THE CURSE AND SLAVERY
[Leia – pp.81-99]

Alexandre Valdemar da Rosa
Especialista em História, Ensino e Linguagens (UNESC)
http://lattes.cnpq.br/81417027155533193

Cledemilson dos Santos
Mestre em Educação (UNESC)
http://lattes.cnpq.br/0848153889218744

Resumo: O objetivo da presente pesquisa é desmistificar o entendimento de que sobre a África e os negros paira uma terrível maldição, predição essa proferida em meio ao primeiro caso de embriaguez registrado na história da humanidade. Conceituados estudos ajudarão a demonstrar o quanto os africanos e seus descendentes foram prejudicados ao longo dos tempos, em decorrência da distorção histórica e geográfica interpretada erroneamente no livro de Gênesis 9:25. Os conceitos desta África Bíblica que veremos certamente contribuirão com o objetivo proposto pela Lei 10.639/03, no sentido de dar uma nova roupagem a história do continente considerado o berço da humanidade.
 
Palavras-Chave: África, Bíblia, Maldição, Migração, Canaã.

Abstract: The aim of this research is to demystify the understanding that about Africa and black hangs a terrible curse, this prediction given in the midst of the first case of intoxication recorded in human history. Highly regarded studies will help to show how Africans and their descendants were affected over time, due to the historical and geographical distortion misinterpreted in Genesis 9: 25. The concepts of this Biblical Africa that we will certainly contribute to the objective proposed by the law 10.639 / 03, to give a new look to the history of the continent considered the cradle of mankind.
 
Keywords: Africa, Bible, Curse, Migration, Canaan.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A perpetuação da divindade de Alexandre, o grande através dos textos.

The perpetuation of Alexander's divinity, through the texts.
 [Leia – pp.100-114]

Estela de Melo Faria
MN-UFRJ
http://lattes.cnpq.br/3809754381954127

Resumo: O presente artigo vem mostrar como a campanha propagandística de Alexandre, o Grande gerou frutos para as gerações que o sucederam. Um imperador que por onde passou fez questão de implementar seu sistema monetário e utilizar dele para outras finalidades que não unicamente a comercial. O que está retratado aqui é como essa propaganda irá atingir as sociedades que irão surgir após sua morte, como os escritores de anos depois o vão retratar, deixando algumas vezes seu aspecto humano em segundo plano.

Palavras-chave: Alexandre, o Grande – propaganda – divinização – legitimação de poder – herança cultural.

Abstract: This paper is to show how the propaganda campaign of Alexander the Great bore fruit for the generations that succeeded him. An emperor that he has visited was keen to implement its monetary system and use it for purposes other than solely commercial. What is depicted here is how this propaganda will reach the companies that will emerge after his death, as the writers of years later will portray, sometimes leaving his human aspect in the background.

Keywords: Alexander the Great – propaganda – deification - legitimation of power - cultural heritage.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Marcados com o selo: a menção ao Filho do Homem em Jo 6:27 como um discurso de propaganda antiimperial da parte de Jesus.

Marked with the stamp: the mention about Son of Man on Jn 6:27 like a speech of antiimperial advertise from Jesus.
 [Leia – pp.115-132]

Daniel Soares Veiga
Doutorando (PPGH/UERJ)
http://lattes.cnpq.br/6808655301090296


Resumo: Esta minha pesquisa visa a demonstrar que a cristologia joanina se esmerou em fazer com que a liderança messiânica de Jesus subvertesse os signos legitimadores da autoridade imperial, apropriando-se deles como signos de poder inerentes apenas a Jesus, na estratégia de mitigar ou solapar o poder do imperador quando confrontado diretamente com Jesus. Sendo assim, o propósito deste artigo é explorar uma abordagem semiótica do suposto milagre da multiplicação dos pães narrado em Jo 6:27, dentro do perspectiva da dialética que interpreta o gesto de Jesus como uma usurpação da prerrogativa do imperador de garantir a subsistência dos seus súditos..

Palavras-chave: Jesus, cristologia joanina, culto imperial, milagre, exegese.

Abstract:This my research aims to show that the johannine christology made an effort to do with that Jesus’ messianic leadership overturns the legitimating signs of imperial authority, appropriating themselves like signs of power inherent just to Jesus, in the strategy to slacken or overcome the power of emperor as brought it face to face with Jesus. So, the purpose of this paper is to explores a semiotic approach about alleged miracle of multiplication of breads cited on Jn 6:27, within the dialectic perspective that explains Jesus’ action like an encroachment of the emperor’s advantage concerning in guarantee the subsistence of his subjects.

Key-words: Jesus, johannine christology, imperial cult, miracle, exegesis.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O brilho de Moisés, Adão e Jesus: Êxodo 34.29-30 e uma tradição judaica

Moses’, Adam’s and Jesus’ bright: Exodus 34:29-30 and a Jewish Tradition
 [Leia – pp.133-146]

Willibaldo Ruppenthal Neto
Mestrando – UFPR/NEMED
Bolsista CNPq
http://lattes.cnpq.br/8006355035725726

Resumo: Do texto de Êxodo 34.29-30 à sua interpretação em 2 Coríntios 3.6-4.6, o “brilho” no rosto de Moisés passou por diversas interpretações e adaptações, incorporando elementos de diversas tradições judaicas, e formando uma nova tradição, que estabelece uma conexão entre Moisés, Adão e Jesus. Este artigo visa apresentar esta tradição, indicando não somente sua origem, no relato bíblico, assim como seu desenvolvimento, nas tradições judaicas pós-bíblicas e ainda seus resultados, no cristianismo. Assim como esta tradição tem origem no relato do rosto de Moisés, iluminado pelo contato com Deus no monte Sinai, seu resultado será a tradição segundo a qual Jesus tem seu rosto transfigurado em outro monte, onde Moisés estava.

Palavras-chave: Moisés. Êxodo. Mundo Helenístico. Judaísmo do Segundo Templo.

Abstract: From Exodus 34:29-30 to its interpretation in 2 Corinthians 3:6-4:6, the “bright” in Moses’ face passed by many interpretations and adaptations, incorporating elements from many Jewish traditions, and creating a new tradition, which establishes a connection between Moses, Adam and Jesus. This article aims to show this tradition, indicating not only its origin, in the biblical account, but also its development, in postbiblical Jewish traditions, and even its results, in Christianity. As well as this tradition have its origins in the account about Moses’ face, illuminated by his contact to God in mount Sinai, its result will be the tradition by which Jesus’ face was transfigured in another mount, where Moses was.

Keywords: Moses. Exodus. Hellenistic World. Second Temple Judaism.

 

 

UFRJ IH PPGHC ARCHAI Kliné Editora LHER Latindex REDIB