Revista Jesus Histórico e sua Recepção - Ano X [2017] - volume 19
pp.1-159

Editorial [Leia – pp.1-2]


“Dossiê Arqueologia e Experiências Religiosas”

A Arqueologia e a Transdisciplinaridade
[Leia – pp.3-13]


Prof. Dr. Ondemar Dias
IAB
http://lattes.cnpq.br/5000996701257087

Colaboradora: Arqueóloga Jandira Neto
IAB

Resumo: Tendo em vista o avanço da pesquisa arqueológica não só no Grande Rio como em todo o Estado do Rio de Janeiro, uma questão de suma importância que pode ser colocada: Qual a metodologia e as bases teóricas em que a mesma se apoia e desenvolve no presente, de forma a se poder organizá-las no futuro?

 


EGIPTOMANIA: O EGITO NO BRASIL
[Leia – pp.14-19]


Amanda Martins Hutflesz
GEKEMET-UFF/NEA-UERJ
http://lattes.cnpq.br/6023114469399407

Maria Regina Candido
UERJ
http://lattes.cnpq.br/2450300228611565

 


ARQUEOLOGIA URBANA NO RIO DE JANEIRO: SÍTIO ARQUEOLÓGICO DA LEOPOLDINA

ARCHAEOLOGY URBAN IN RIO DE JANEIRO: ARCHAEOLOGICAL SITE OF LEOPOLDINA
[Leia – pp.20-36]


Claudio Prado de Mello
IPHARJ
http://lattes.cnpq.br/0120379809533549

 

Resumo: Os passos apressados das pessoas que seguem rumo ao Centro do Rio, o movimento de carros e de milhões de coletivos no corredor da Zona Sul ou acesso da Zona Norte não nos permitem imaginar o passado da região da Leopoldina, tão familiar a todos no Rio de Janeiro... Até cerca de 150 anos atrás, a região que chamamos de Leopoldina era um terreno pantanoso parcialmente aterrado aonde carruagens emplumadas e nobres fidalgos seguiam rumo ao Palácio de São Cristóvão aonde buscavam beijar a mão do Rei ou do Imperador ou fazer algum pedido. Sendo uma encruzilhada visceral da cidade do Rio de Janeiro, o terreno da Leopoldina preservou informações valiosas sobre o passado arqueológico da região que ninguém jamais imaginou que poderiam ser revelados depois de tanto tempo esquecidos. O terreno vai da Francisco Bicalho até a Rua Ceará e de outro lado da Praça da Bandeira até a Rua Francisco Eugenio e os muros altos que contornam a Leopoldina ajudaram a preservar registros arqueológicos que somente recentemente foram resgatados por uma equipe multidisciplinar envolvendo arqueólogos, historiadores e pesquisadores contratados pela empresa Terra Brasilis Arqueologia, sob o patrocínio do CL4S Consórcio Linha 4 Sul do Metro do Rio de Janeiro e apoio operacional do Instituto de Pesquisa Histórica e Arqueológica do Rio de Janeiro. A equipe, que chegou a ter 39 pessoas se ocupou em pesquisar e preservar os vestígios do passado sob a ótica dos interesses do futuro, pois, sob a sombra de um dos equipamentos de escavação do solo mais sofisticados que a tecnologia pode produzir: o perfurador TBM (que foi no Brasil apelidado de Tatuzão) foi encontrado um sitio arqueológico de proporções gigantescas e que revela muito do passado da região e da formação da cidade tal como conhecemos hoje. Naquele local foi realizada uma escavação parcial de toda a área e nos setores escavados foram encontrados mais de 220 mil itens em apenas quatro meses de trabalho sistemático (entre março e agosto de 2013). A jazida arqueologia se inicia a cerca de 30 centímetros da superfície e se aprofunda até cerca de 2,80 e a previsão no futuro é de coletar mais de 2 milhões de artefatos. Nessas camadas vemos peças de louça, vidro, porcelana, couro e até peças de ouro que mostram detalhes inusitados do cotidiano da elite da sociedade do Rio de Janeiro de séculos passados. O mais incrível é que uma significativa parte do acervo foi encontrada intacta. A cronologia desses artefatos é principalmente dos séculos XVIII e XIX, mas também encontramos peças dos séculos XVII, XVI. E como um sítio arqueológico multicomponencial, além dos remanescentes do Matadouro Imperial da cidade, encontramos material indígena da fase Tupi-Guarani (provavelmente associada a tribo de Araribóia que ocupou as proximidades) e surpreendentemente foram detectados material arqueológico de um Sambaqui que existiu nas proximidades e fruto de remanejamento de solos, que ocorreu na região de São Cristóvão no processo de planificação da região.

Palavras-chaves: Arqueologia do Rio de Janeiro; Sítio Arqueológico da Leopoldina; Arqueologia de Contrato

Abstract: The hurried footsteps of the people who follow toward downtown Rio, the movement of cars and millions of collectives in the South Zone corridor or access the North Zone does not allow us to imagine the past of the Leopoldina region, so familiar to all in Rio de Janeiro ... Until about 150 years ago, the region we call Leopoldina was a marshland partially grounded where feathered and noble noblemen carriages followed towards the São Cristóvão Palace where they sought to kiss the hand of the king or emperor or do any request. Being a visceral crossroads of the city of Rio de Janeiro, the land of Leopoldina preserved valuable information about the archaeological past of the region that no one ever thought that could be revealed after so long forgotten. The land goes from Francisco Bicalho to Ceará Street and across the Flag Square to the Francisco Eugenio Street and the high walls that surround the Leopoldina helped preserve archaeological record that only recently were rescued by a multidisciplinary team of archaeologists, historians and researchers hired by the company Terra Brasilis Archaeology, under the patronage of CL4S Consortium Line 4 South of Metro Rio de Janeiro and operational support of the Institute of Historical Research and Archaeology of Rio de Janeiro. The team, which came to have 39 people engaged in researching and preserving the vestiges of the past from the perspective of the future interests because, under the shade of one of the finest soil excavation equipment that technology can produce: punch TBM (which was in Brazil dubbed Tatuzão) found an archaeological site of gigantic proportions and reveals much of the past of the region and the city's education as we know it today. At that location a partial excavation of the entire area and excavated areas were found more than 220 thousand items in just four months of systematic work was performed (between March and August 2013). The field archeology begins at about 30 cm from the surface and deepens to about 2.80 and predicting the future is to collect over 2 million artifacts. In these layers dishwasher parts, glass, porcelain, leather and even gold pieces that show unusual details of the society's elite daily in Rio de Janeiro from centuries past. The most amazing is that a significant part of the collection was found intact. The chronology of these artifacts is especially the eighteenth and nineteenth centuries, but we also find pieces of the XVII, XVI. And as a multicomponent archaeological site, in addition to the remnants of the Slaughterhouse Imperial city, we find indigenous material of the Tupi-Guarani phase (probably associated with Araribóia tribe that occupied the vicinity) and surprisingly were found archaeological material of a Sambaqui that existed nearby and the result of relocation of soil, which occurred in the region of Saint Kitts in the process of planning the region.

Keywords: Archaeology of Rio de Janeiro; Archaeological site of the Leopoldina; Archaeology Agreement

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

História da Intolerância e vestígios históricos para a reconstrução de uma memória coletiva das religiões de matrizes africanas.

History of Intolerance and historical vestiges for a reconstruction of a collective memory of the religions of African matrices.
 [Leia – pp.37-50]

Doutorando Babalawô Ivanir dos Santos
PPGHC-UFRJ
http://lattes.cnpq.br/2914229161403132

Resumo: O presente trabalho tem por objetivo faze uma brevíssima analise sobre uso da memória coletiva e suas fontes, marginalizadas, para a ‘reconstrução’ ou ‘reescrita’ da história das culturas negras no Brasil, pequenos vestígios, como um ato de protesto social, que se tornam chaves importantes para os processos investigativos sobre a história resistências.

Palavras Chave: Memória coletiva- negras fontes marginalizadas- história da intolerância religiosa no Brasil- Religiões de matrizes africanas

Abstract: This paper aims to make a very brief analysis on the use of collective memory and their sources, marginalized, for the 'reconstruction' or 'rewrite' history of black cultures in Brazil, small traces, as an act of social protest, which become important keys to investigative processes on the history of resistances.

Keywords: Collective memory - black marginalized sources - history of religious intolerance in Brazil - Religions of African matrices


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

CULTURA E RITUAL NO SAMBAQUI DE AMOURINS: UMA HISTÓRIA ATRAVÉS DE MACROVESTÍGIOS VEGETAIS

Culture and Ritual at Amourins’ Sambaqui: a history told through botanical macroremains
[Leia – pp.51-63]

Natacha Souza Pinto
http://lattes.cnpq.br/3690554942857973
Mestranda em Arqueologia (PPGArq MN/UFRJ)
Orientadora: Profa. Dra. Rita Scheel-Ybert
Título da pesquisa: Cultura e Ritual no Sambaqui de Amourins: Uma História Através de Macrovestígios Vegetais

 

Resumo: Ao longo do desenvolvimento da Arqueologia Brasileira, os sambaquis foram interpretados como estruturas resultantes do descarte de refugo alimentar, locais de habitação e estruturas funerárias. Hoje, seis décadas após o início das investigações sobre estes sítios, pesquisadores entendem que são, pelo menos em parte, estruturas resultantes de complexos ritos funerários. Também a interpretação que se tem sobre essas populações alterou-se ao longo dos anos. Inicialmente eram enxergados como caçadores-coletores nômades, hoje são interpretados como pescadores-caçadores-coletores sedentários.
O Sambaqui de Amourins, localizado no município de Guapimirim (RJ) e associado à Baía de Guanabara,vem sendo estudado desde 1978, mas escavações realizadas em 2010 trouxeram à luz diversas questões, dentre elas a relação entre as pessoas que ocuparam esse sítio e as plantas. Estudos Arqueobotânicos, no final do século XX,pioneiros na arqueologia brasileira, mostraram que os vegetais tinham grande importância e participação na vida cotidiana das populações sambaquianas, seja na coleta e seleção de madeiras para realização de fogueiras ou para alimentação.
O trabalho que desenvolvo com macrovestígios vegetais provenientes do sambaqui de Amourins tem como objetivo a compreensão do processo de formação do sítio, bem como as questões culturais diversas envolvendo os sambaquianos como, por exemplo, seus rituais funerários, oferendas fúnebres e festins, além de abordar as relações estabelecidas entre o grupo associado ao sitio e as plantas.

Palavras-chaves: Sambaqui, Cultura, Ritual, Arqueobotânica, Antracologia

Abstract: Throughout the development of the Brazilian Archaeology, the Sambaquis were interpreted asproduct of food waste disposal, housing sites and funerary structures. Today, six decades after the start of the investigations into these monumental structures, researchers understand that they are, at least in part, large cemeteries resulting of complex funeral rites. The interpretation we have of these people has changed over the years. Initially they were understood as nomadic hunter-gatherers, they are now interpreted as sedentary hunter-gatherer-fishers.
The Sambaqui Amourins, located in Guapimirim (RJ) and linked to Guanabara Bay, has been studied since 1978, however, excavations from 2010 brought to light a number of issues, among them the relationship between the people associated to this site and plants. Studies in Archaeobotany in the late twentieth century, pioneers in Brazilian Archaeology, showed that plants had great importance and participation in the everyday life of the sambaqui populations, either in the collection and selection of woods for holding bonfires or for food.
 The work I conduct with macroremains from sambaqui Amourins, aims to understand the site formation process, and the various cultural issues involving the sambaqui population as, for example, their funerary rites, funerary offerings and feasts, in addition to addressing the relation established between this sambaqui population and plants.

Keywords: Sambaqui, Culture, Ritual, Archaeobotany, Antracology

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Diálogos entre xamanismo ameríndio e xamanismo ayahuasqueiro urbano

Dialogues between Amerindian shamanism and urban ayahuasca shamanism
 [Leia – pp.64-84]

Lígia Duque Platero
PPGSA-UFRJ
http://lattes.cnpq.br/3384806271037062

Resumo: O tema do artigo é o xamanismo contemporâneo, em contextos indígenas e não-indígenas, na floresta e nas cidades. O xamanismo é abordado aqui como um sistema simbólico cultural, associado ao uso das medicinas da floresta ou substancias psicoativas, que está cada vez mais presente em centros urbanos, como no Rio de Janeiro, e em contextos locais e transnacionais. O objetivo do artigo foi mostrar um breve mapeamento de pesquisas sobre xamanismo ameríndio, associado à predação e à caça, e sobre o xamanismo ayahuasqueiro urbano, associado à reinvenção do uso de plantas psicoativas, sobretudo a ayahuasca. Destaco pesquisas que abordam as relações entre o xamanismo ameríndio e as religiões e grupos ayahuasqueiros urbanos, que fazem parte de redes de contato, nas quais há a produção de “alianças”. Concluo que as alianças são pontos de contato em meio a essas redes, e cada tipo de “aliança” possui suas especificidades, dentro de um sistema de trocas, devido às características diferenciadas das lideranças aliançadas. Em meio a esse diálogo de xamanismos, a lógica da predação do xamanismo ameríndio pode ser atenuada ou transformada, adquirindo novas faces.

Palavras chave: xamanismo; predação; caça; ayahuasca; plantas psicoativas

Abstract: The theme of the article is the contemporary shamanism in indigenous contexts and non-indigenous, at forest and cities. Shamanism is addressed here as a cultural symbolic system associated with the use of “forest medicines” or psychoactive substances, which is increasingly present in urban centers, as in Rio de Janeiro, and local and transnational contexts. The purpose of the article was to show a brief mapping research on Amerindian shamanism, associated with predation and hunting, and on urban ayahuasca shamanism, coupled with the reinvention of the use of psychoactive plants, especially ayahuasca. Highlight research that address the relationship between the Amerindian shamanism and religions and urban ayahuasca groups, which are part of contact networks, where there is the production of "alliances". I conclude that alliances are points of contact through these networks, and every kind of "alliance" has its specificities within a system of exchanges due to the different characteristics leaders involved. Amid this shamanisms dialog, the logic of predation of Amerindian shamanism is being transformed, acquiring new faces.

Key words: shamanism; predation; hunting; ayahuasca; psychoactive plants


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os yawanawa e as cidades: sobre um modo de ser na aldeia e de estar na cidade

The yawanawa and the cities: about a way of being in the village and of staying in the cities
[Leia – pp.85-103]

Renan Reis
http://lattes.cnpq.br/1413728606820972
Mestre em Sociologia e Antropologia (PPGSA)
Pesquisador Associado ao Núcleo de Arte, Imagem e Pesquisa Etnológica (PPGSA/UFRJ)

Resumo: Nesta comunicação, pretendemos falar sobre as estratégias yawanawa de construção de alianças nas cidades. Inicialmente, iremos contextualizar os yawa a partir de sua presença na conferência Eco-92, no Rio de Janeiro, e os 20 anos seguintes. Após esta etapa, falaremos sobre como se introduzem em uma rede neo-ayahuasqueira e como traduzem sua filosofia e rituais para serem realizados em meio urbano. Aparentemente, são formas de rituais voltadas para as relações de reciprocidade onde noções polissêmicas são operadas a fim de fazerem dialogar distintos regimes ontológicos que não, necessariamente, contradizem os significados yawa, mas operam como traduções que não validam a explicação neo-ayahuasqueira, mas sim a yawa.

Palavras chave: Yawanawa; Cidades; Corpo; Transformação; Pajelança

Abstract: In this paper, we intend to talk about the yawanawa strategies of building alliances in cities. Initially, we will contextualize the yawa from its presence in the Eco-92 conference in Rio de Janeiro, and the next 20 years. After this step, we'll talk about how they introduce themselves in a “neo-ayahuasca” network and how they translate their philosophy and rituals to be performed in urban areas. Apparently, they are forms of rituals destinated to reciprocal relationships where polysemic notions are operated in order to make dialogue distinct ontological regimes that not, necessarily, contradict the yawa meanings, but operate as translations that do not validate the “neo-ayahuasca” explanation, but the yawa.

Keywords: Yawanawa; Cities; Body; Transformation; Shamanism

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A cura através do cipó: reflexões sobre espiritualidade e terapêutica na Arca da Montanha Azul

 Healing through the liana: reflections on spirituality and therapy in Arca da Montanha Azul
 [Leia – pp.104-123]

Rodrigo Rougemont da Motta
PPGAS-UFRJ
http://lattes.cnpq.br/5470128427517625

Resumo: A proposta deste artigo é refletir sobre a perspectiva terapêutica da espiritualidade e como ela é tratada dentro de determinado cenário religioso contemporâneo. O interesse é examinar esta relação dentro de um espaço que faz uso da bebida ayahuasca, mais especificamente seu uso em contexto urbano. O local que será analisado parte de um pressuposto que liga o conceito de religião a uma de suas possíveis etimologias, "religare", que significa religar o que foi cindido, aproximando o trabalho espiritual do trabalho realizado pelo terapeuta que busca integrar materiais do inconsciente.

Palavras chave: ayahuasca, espiritualidade, corpo, cura e modernidade

Abstract: The proposal of this article is to reflect about the therapeutic perpesctive of spitituality and how its treated inside a determined religious comtemporary scenario. The interest is to enquire this relation inside a place that makes uses of the drink “ayahuasca”, more specifically its use in a urban context. The place that is going to be analised starts from the idea that conects the notion of religion to one of its possible etymology, “religare”, which means rewire what was split, approching the spiritual work to the work done by the therapist that pursuit to integrate unconscious material.

Keywords: ayahuasca, spirituality, body, healing and modernity

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Aplicações dos termos Arqueologia Histórica e Sítio Arqueológico Histórico para o campo de pesquisa brasileiro

Applications of terms Historical Archaeology and Archaeological History for Brazilian search field
 [Leia – pp.124-144]

Rodrigo Pereira
MN-UFRJ
http://lattes.cnpq.br/4995017237028742

 

Resumo: Tendo em vista as dificuldades tanto práticas quanto às associadas aos aspectos da Legislação do Patrimônio Brasileiro, especialmente às definições de sítio Arqueológico Histórico e da Arqueologia Histórica, o texto se propõe a suscitar o debate de tais conceituações e como estas podem ser aplicadas em contextos nos quais a Arqueologia Preventiva ou de Contrato, tem atuado fortemente devido a um grande número de obras, como é o caso da cidade do Rio de Janeiro em relação às Olimpíadas que ocorrerão em 2016. Ao mesmo tempo, mesmo que de forma inicial, proporemos meios de sua aplicação para as pesquisas arqueológicas no estado do Rio de Janeiro, quanto no Brasil.

Palavras-chaves: Arqueologia Histórica; Sítio Arqueológico Histórico; Legislação do Patrimônio Arqueológico; Teoria e métodos em Arqueologia; Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. 

Abstract: In view of the difficulties both practical and the associated aspects of the Brazilian Heritage Law, especially the archaeological site settings History and Historical Archaeology, the text proposes to raise the discussion of such concepts and how these can be applied in contexts in which the Preventive Archaeology or Contract, has acted strongly due to a large number of works, such as the city of Rio de Janeiro in relation to the Olympic Games that will take place in 2016. At the same time even if the initial form proposed means of its application to archaeological research in Rio de Janeiro State, and in Brazil.

Key words: Historical Archaeology; Archaeological History; Legislation Archaeological Heritage; Theory and Methods in Archaeology, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

PROCESSOS FORMATIVOS E USO DO FOGO NO SAMBAQUI DE CABEÇUDA– SC

PROCESS OF FORMATION AND USE OF FIRE ON BRAZILIAN SHELLMOUND OF CABEÇUDA-SC
 [Leia – pp.145-159]

Thamyres Ederli
PPGArq-MN-UFRJ
http://lattes.cnpq.br/2605255974637629

Resumo: O sambaqui de Cabeçuda foi o primeiro sítio litorâneo de grandes dimensões sistematicamente escavado no Brasil, e ainda guarda importantes informações sobre as práticas culturais e o modo de vida das populações que o construíram. A interpretação de dados estratigráficos recentes, assim como o uso de fontes históricas sobre escavações arqueológicas podem nos fornecer informações muito importantes sobre sítios que já não possuem mais a sua totalidade preservada; essas informações podem ser fundamentais por conter dados que não podem mais ser acessados de outras maneiras. Os estudos estratigráficos, bem como suas interpretações, podem responder questões acerca da funcionalidade do sítio através do exame de suas camadas. Quando comparadas aos resultados de escavações mais recentes, estes dados se tornam ainda mais completos. O objetivo principal desse projeto é investigar a frequência do uso do fogo no Sambaqui de Cabeçuda e a sua relação com os distintos padrões construtivos associados a este sítio, a partir da análise de dados qualitativos (análises documentais) e quantitativos (pesagem e contagem de carvões) provenientes das diversas escavações aí realizadas. Espera-se com isso contribuir para a compreensão dos processos de formação deste sambaqui, dos padrões de uso do fogo e de suas possíveis conotações rituais.

Palavras-chaves: Sambaqui, Processos formativos, Fogo, Cabeçuda, Luiz de Castro Faria, Ritual.

Abstract:  The Cabeçuda Brazilian Shellmound was the first shore site of great dimensions to be systematically excavated in Brazil, and still holds important knowledge on the cultural practices and the lifestyle of the population who have built it. The interpretation of recent stratigraphical data, as well as the use of historical sources on archaeological excavations, may give us very important info on sites no longer fully preserved, and these pieces of information might be vital for they can contain data that may no longer be possible to be obtained by other means. The stratigraphical studies, as well as their interpretations, may answer questions about the function of the site through the analysis of it's layers. When compared to most recent excavations, this data becomes more complete. This project aims to investigate the frequency of the use of fire in the Brazilian shellmound of Cabeçuda and it's relation to the distinct building patterns associated with this site, by analysis of qualitative data (documented analysis) and quantitative data (weighing and counting of charcoal) from many excavations there performed. By this, it's expected to contribute to the comprehension of the formation processes of this shellmound, the fire use patterns and it's possible ritualistic connotations.

Keywords: Brazilian shellmound, Fire, Cabeçuda, Luiz de Castro Faria, rite, ritual.

 

 

UFRJ IH PPGHC ARCHAI Kliné Editora LHER Latindex REDIB